Potencial nutricional, funcional e terapêutico da cianobactéria spirulina

  • Cristiane Alves de Oliveira Universidade Federal de Viçosa
  • Aline Aparecida de Oliveira Campos Universidade Federal de Viçosa
  • Sônia Machado Rocha Ribeiro Universidade Federal de Viçosa
  • Wemerson de Castro Oliveira Universidade Federal de Viçosa
  • Antônio Galvão do Nascimento Universidade Federal de Viçosa
Palavras-chave: Spirulina, Anemia, Sistema imunológico, Antioxidantes, Dislipidemias, Hipertensão, Desnutrição, Obesidade, Diabetes, CIANOBACTÉRIAS, TERAPÊUTICA, ANTIOXIDANTE, DOENÇA CRÔNICA, ALIMENTO FUNCIONAL, LITERATURA DE REVISÃO COMO ASSUNTO

Resumo

As cianobactérias são micro-organismos procariotos, que apresentam expressivo potencial biotecnológico, assim como inúmeras propriedades terapêuticas, funcionais e nutricionais. Sua utilização na alimentação humana ocorre desde períodos muito remotos, mas apenas recentemente se deu o início de sua produção e comercialização em grande escala, estando o mercado contemporâneo em franca expansão. O objetivo deste trabalho foi estabelecer um panorama atual da aplicação da Spirulina, a cianobactéria mais estudada recentemente, estabelecendo os aspectos relacionados às propriedades nutricionais, antioxidantes, imunomoduladoras e terapêuticas para a saúde humana. As propriedades terapêuticas abordadas foram aquelas relacionadas a algumas das principais doenças crônicas não transmissíveis, incluindo diabetes, hipertensão, obesidade, desnutrição e dislipidemias. Foram utilizados os bancos de dados MEDLINE, SCOPUS, SCIELO e PUBMED, com os seguintes descritores: Spirulina, composição nutricional, anemia, antioxidantes, dislipidemias, colesterolemia, hipertensão, desnutrição, obesidade, sistema imune e diabetes. Os resultados dos trabalhos foram corroborados pelos estudos relativos a cada morbidade, sendo favoráveis à ingestão da biomassa de Spirulina, tanto para a redução de riscos, quanto para o tratamento dos pacientes acometidos pelas referidas enfermidades; entretanto, houve exceção para os trabalhos que analisaram o efeito da ingestão da cianobactéria na perda de peso, os quais apresentaram resultados conflitantes. Concluiu-se a partir dos dados analisados que a cianobactéria Spirulina possui propriedades que a configuram como um alimento funcional e um nutracêutico, sendo um recurso potencial no tratamento de diversas enfermidades. Estratégias de divulgação também devem ser implementadas, diante do ratificado potencial de Spirulina para a terapêutica de morbidades que se sobressaem como problemas tão significativos para a saúde pública mundial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristiane Alves de Oliveira, Universidade Federal de Viçosa
Nutricionista, Mestre em Microbiologia Agrícola - Universidade Federal de Viçosa
Aline Aparecida de Oliveira Campos, Universidade Federal de Viçosa
Nutricionista, Doutoranda em Ciências da Nutrição – Universidade Federal de Viçosa
Sônia Machado Rocha Ribeiro, Universidade Federal de Viçosa
Nutricionista, Doutora em Bioquímica Agrícola – Universidade Federal de Viçosa
Wemerson de Castro Oliveira, Universidade Federal de Viçosa
Biólogo, Doutorando em Microbiologia – Universidade Federal de Viçosa
Antônio Galvão do Nascimento, Universidade Federal de Viçosa
Biólogo, Doutor em Microbiologia Agrícola – Universidade Federal de Viçosa
Publicado
2013-11-19
Como Citar
Oliveira, C. A. de, Campos, A. A. de O., Ribeiro, S. M. R., Oliveira, W. de C., & Nascimento, A. G. do. (2013). Potencial nutricional, funcional e terapêutico da cianobactéria spirulina. Revista Da Associação Brasileira De Nutrição - RASBRAN, 5(1), 52-59. Recuperado de https://rasbran.emnuvens.com.br/rasbran/article/view/7
Seção
Artigos de Revisão